Seguir para o CLUBE DA TEOLOGIA


"SÓ SE LEMBRARÁ QUEM HOJE VIVER. SÓ HAVERÁ HISTÓRIA AMANHÃ SE HOJE VOCÊ A ESCREVER"

quinta-feira, 7 de junho de 2012

RIO DE LÁGRIMAS

Eram águas que passavam 
sobre as maçãs avermelhadas
chegando em minha boca 
limpando a expressão envergonhada


O rio que desaguou foi o suficiente
pra levar embora toda a mágoa
e limpar toda a sujeira acumulada
acumulada nos anos de estrada.








No dia em que ele rompeu em mim
tentava eu segurar sua enxurrada
Mas a fonte de minha única tristeza
brotava da alma, cada vez mais água.


Como águas desse rio que vem e que passa
e nunca mais nesse leito retornarão.
derramei também as mesmas águas 
por aqueles que nunca mais voltarão.


Como o rio que vai ao mar a desaguar
encontrando outros rios que desaguam por lá.
Achei também outros bons amigos
que choravam juntos a dor de amar.


Assoreado está em mim esse rio
pois não se chora sempre a mesma dor.
Não correrá sempre igual no mesmo leito,
não consigo mais chorar a perda ou o desamor. 


Marcos André

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu coração falar, deixe seu comentário.