Seguir para o CLUBE DA TEOLOGIA


"SÓ SE LEMBRARÁ QUEM HOJE VIVER. SÓ HAVERÁ HISTÓRIA AMANHÃ SE HOJE VOCÊ A ESCREVER"

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

PALAVRAS

No momento em que calei
todas as palavras me atingiram
enquanto estava mudo
duras palavras me acertaram


Entraram como flechas
e se perderam na alma
e fervilharam lá dentro.
Fazendo pressão para fora.


Apertavam o coração em forma de dor
Forçavam a saída pela boca
em forma de suspiro.
Forçavam a saída pelos olhos
em forma de lágrimas.


Quando me calei
as palavras me atacaram,
então protestei contra elas.
e ofereci meu agudo silêncio para recebê-las.


Odiei todas as palavras malditas 
de sorte que as guardei aqui dentro
mas antes que me destruam,
está tramado um plano.


Farei nas lutas o melhor que puder
e darei ao trabalho o melhor de mim.

De esforço e joelhos estou armado.
Acontecerá o oposto de tudo que foi dito.
Dará errado tudo que foi falado!


Marcos André

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

CHEIRO DE DEUS

No tempo da minha infância 
Fui levado a reunião dos santos
Em um sítio simples de ruas barrentas
No caminho tinha cheiro de mato.


Chegamos à entrada do grande quintal
e senti um cheiro de jaca cortada
desses que fazem flutuar.


No meio da tarde começou a cerimonia
Com músicas que eu não entendia
mas que eram lindas de se cantar.


Havia um que palestrava
dizendo coisas interessantes
mas um cheiro de café vinha da casa
e eu não consegui ouvir mais nada.


Já no fim daquele culto
veio as águas de um temporal
e subia do chão o cheiro da terra molhada.
enfeitando aquele belo coral.


Na ocasião não entendi aquela reunião
Mas cada cheiro que senti ali
nunca mais esqueci

São detalhes que me conquistaram
mais do que palavras elaboradas.


Hoje na congregação 
sinto cheiro de muitos perfumes
de maquiagens, de roupas novas 
e produtos de limpeza do chão.


Mas ao longe me puxa a lembrança
do que sentia na igrejinha da fazenda
com todos os cheiros daquela infância.


Marcos André