Seguir para o CLUBE DA TEOLOGIA


"SÓ SE LEMBRARÁ QUEM HOJE VIVER. SÓ HAVERÁ HISTÓRIA AMANHÃ SE HOJE VOCÊ A ESCREVER"

domingo, 29 de março de 2015

UM AMOR MADURO


Existem pessoas tão simples então
que pelo simples fato de existirem
já nos alegram de tão amadas que são.
Vê-las felizes nos alegra também,
se choram também nos entristecem
o rosto nos aformoseiam se aparecem
de tanta coisa boa que dá no coração.

Amar deve ser assim pra maioria
parece manhã de domingo todo dia
parece primavera toda estação
todo cheiro parece de terra molhada
no começo da chuva no sertão

O amor que se cultiva é a coisa mais bela que existe
às vezes perdemos tempo sem amar o que temos
em busca de um amor não fazemos o certo
buscamos longe aquilo que estava tão perto

Que ninguém acorde em um dia daqui pra frente
já sem vigor pelos anos que passaram
e descubra já tardiamente
que nessa vida não amou o suficiente.


Marcos André

quarta-feira, 18 de março de 2015

UMA CERTA DIREÇÃO


Constituir família
não é abandonar sonhos que se tem.
para sustentar uma casa ou alguém.
mas sim chamar uma outra pessoa
para viver os mesmos sonhos também.

Quando se encontra a pessoa dos sonhos
pode compartilhar seus planos
pode também traçar a rota ou caminho 
como um vento na vela do barco
que sopra direções diversas
mas só tendo a direção se acerta
pois só com uma direção se navega.

Olhei ao redor pra ver quem sonhava comigo
quando estendi a mão você a segurou
me ajudou, me ajuntou e me deu abrigo.
cuidou dos sonhos feridos
mas te peço caminhe ao meu lado
traga teus sonhos pra junto dos meus.
não importa se acerta ou se erra,
mas só com sonhos se navega.

Marcos André

quinta-feira, 5 de março de 2015

VOLTAR


Quando tudo parecia complicado
você vinha me abraçar
quando eu parecia flutuar
você me trazia pro chão
quando parecia perdido
me conduzia de volta

Agora não vejo tua mão
Não me traz mais pro chão
se me perco não me traz de volta

Já faz muito tempo desde então
Quero voltar pro chão
Quero estar de volta ao meu lugar.

Haviam duas pessoas neste coração
uma era eu,
onde encontro a que se foi?

Marcos André