Seguir para o CLUBE DA TEOLOGIA


"SÓ SE LEMBRARÁ QUEM HOJE VIVER. SÓ HAVERÁ HISTÓRIA AMANHÃ SE HOJE VOCÊ A ESCREVER"

domingo, 11 de setembro de 2011

TEUS OLHOS

Ah, se eu te encontrasse novamente
Em um dia daqueles que só a gente viveu
Naquele lugar que só a gente sabe
Com os mesmos olhos da primeira vez

Se você dissesse que não 
teus olhos brilhariam.
Um brilho que eu saberia
mesmo sem nunca ter visto.


Teus olhos falariam numa voz diferente
e me chamariam pra mais perto de você
a sentir teu calor me envolvendo outra vez 


Eu não resistiria a estes olhos e cederia de novo.
No final eu não saberia dizer em que sentido
você é o vaso mais fraco, se eu sempre perco pra você.


Marcos André

3 comentários:

  1. André, muito obrigado por suas palavras, vou
    sim visitar seu blog, ler seus poemas, vou observa-lo, forte abraço, A Paz!

    ResponderExcluir
  2. Meu caro poeta... Quanta simplicidade e sinceridade descrita nesse poema. Um poema suave cheio de beleza, paixão e até loucura por um momento, tudo isso por conta de um simples olhar... Que, diga-se de passagem não é tão simples assim, porque os olhos são espelhos da alma como já dizia, Fernando Pessoa! Parabéns...!

    Obs.: Cuide desse poeta aí de cima oh... O J.F.Aguiar... Quem tem esse parceiro aí, vai longe, porque ele ainda trás consigo toda a experiência de uma vida e realmente sabe o que é bom... Tenho a honra de tê-lo no meu espaço... Saudades do meu amigo! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Queridos companheiros, estou alegre e emocionado por tê-los aqui comigo. As muitas lutas nos tentam parar, mas não podem parar o poeta que temos dentro de nós. Obrigado.

    ResponderExcluir

Deixe seu coração falar, deixe seu comentário.