Seguir para o CLUBE DA TEOLOGIA


"SÓ SE LEMBRARÁ QUEM HOJE VIVER. SÓ HAVERÁ HISTÓRIA AMANHÃ SE HOJE VOCÊ A ESCREVER"

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

SONHOS IMPOSSÍVEIS

Era um cipó crescendo sobre a macieira.
Se enrolando apertado nos galhos da bela planta
estendendo os ramos e entrelaçando-se nela
desejando mais do que jamais será.

Subiu o máximo que pôde no tronco
querendo provar das deliciosas frutas
e tê-las junto com a linda macieira,
contrariando as leis da sábia natureza.

Deliciava-se em sonhar no balanço dos ventos
soprando e fazendo os galhos se encontrarem.
Sonhando em ter maçã como se possível fosse
e a macieira estender cipó para os laços se atarem.

Triste para o cipó que não pode amar a macieira
e para ela que não poderá nunca tê-lo consigo.
Um amor que morre ao nascer e não vinga pra contar
e pra quem contar se todas as tradições os repudiam.

Pobre macieira apaixonada que nunca terá seu amado cipó,
que não compartilhará frutos com ele por ser isso impossível.
Pois logo chegará a foice do agricultor para limpar sua macieira
e arrancará o cipó com violência, ferindo também sua alegria.

Como existem tantos reprimidos corações 
que se enrolaram com as macieiras dessa vida 
com quem nunca terão frutos de verdade,
temendo sempre a foice do cuidadoso agricultor.

Marcos André

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu coração falar, deixe seu comentário.